· Home
  · Quem Somos
  · Noticiário ANIMAL
  · Serviços
  · Histórico
  · Agenda
  · Realizações 2016
  · Informações
  · Reivindicações Políticas
  · Posse Responsável
  · Denuncie
  · Quero Ajudar
  · Legislação
  · Relatório Financeiro
  · Contatos

  · Notíciário ANIMAL

PRESIDENTE RUSSO SE MANIFESTA PELOS ANIMAIS – Dez/2016


O presidente russo, Vladimir Putin, pediu que seja aprovada uma lei garantindo proteção dos cães de rua. “A ausência de normas e regras neste âmbito provoca uma piora da situação de saúde”, afirmou Putin, pedindo que um debate para “pôr uma ordem civilizada ao tratamento dos animais” ocorra em breve. Os animais abandonados nas ruas das principais cidades russas se transformaram em um problema social, tanto devido às doenças que levam, como aos ataques dos quais são vítimas por parte de moradores, muitas vezes com armas de fogo.
Foto ilustrativa / Reuters

VAQUEJADA PROIBIDA PELO STF – 06/10/2016


Por 6 votos a 5, o Supremo Tribunal Federal (STF) derrubou uma lei do Ceará que regulamentava a vaquejada, tradição nordestina na qual um boi é solto em uma pista e dois vaqueiros montados a cavalo tentam derrubá-lo, torcendo sua cauda até que ele caia com as patas para cima.
Por considerá-la inconstitucional, votaram contra a vaquejada os ministros Marco Aurélio, Luís Roberto Barroso, Rosa Weber, Celso de Mello, Cármen Lúcia, e Ricardo Lewandowski. A favor da vaquejada votaram Edson Fachin, Gilmar Mendes, Teori Zavascki, Luiz Fux e Dias Toffoli.

O governo do Ceará dizia que a vaquejada faz parte da cultura regional e que se trata de uma atividade econômica importante e movimenta cerca de R$ 14 milhões por ano.

Apesar de se referir ao Ceará, a decisão servirá de referência para todo o país, sujeitando os organizadores a punição por crime ambiental de maus-tratos a animais. Caso algum outro estado tenha legalizado a prática, outras ações poderão ser apresentadas ao STF para derrubar a regulamentação.


RODRIGO HILBERT GERA POLÊMICA AO ABATER FILHOTE DE OVELHA EM PROGRAMA DE TV – MARÇO 2016


Rodrigo Hilbert e o canal a cabo GNT tiveram que se desculpar pela cena, no programa Tempero de Família, em que o ator abate uma ovelha para cozinhar. Esse “arrependimento” foi motivado pela perda de anunciantes com quem ele estava negociando, que consideraram ruim tê-lo como garoto-propaganda, devido à polêmica acerca desse episódio. Para ensinar como se faz um churrasco de ovelha, Rodrigo Hilbert mostrou em detalhes o processo de captura e abate de um cordeiro de cerca de seis meses, e informou que, para conseguir uma carne macia, é preciso que o filhote seja morto ainda no período de amamentação. Em seguida, ele degolou o animal, retirou a pele e os órgãos internos. Segundo o colunista Ricardo Fetrin, do UOL, a apresentadora Fernanda Lima, esposa do ator, também pode ser prejudicada com essa história

Dizia o filósofo Jean-Jacques Rousseau: “Os animais que você come não são os carnívoros, você os toma como padrão. Você só sente fome pelas criaturas doces e gentis que não ferem ninguém, que o servem, e que são devoradas por você como recompensa pelos seus serviços.”

Fonte: Paraná Online



FBI TRATARÁ MAUS-TRATOS AOS ANIMAIS COMO CRIMES GRAVES 07/01/2016


A partir desse mês, crimes de maus-tratos contra os animais serão investigados pelo FBI (Agência Federal de Investigação). A medida marca uma parceria entre a agência americana e o Animal Welfare Institute.
A decisão foi tomada pela convicção do governo americano de que a crueldade contra os animais é um indicador de violência criminosa.
"Nunca mais os casos de extrema violência serão incluidos na categoria de 'outros crimes' só porque as vítimas são animais", anunciou EWayne Pacelle, presidente da Humane Society of the United States. "O FBI passará a investigar crimes contra os animais da mesma forma como investiga crimes de ódio e de outra categorias importantes."
Com isso, os atos de crueldade relacionados a animais farão parte da base de dados National Incident-Based Reporting System (NIBRS), utilizada por várias agências do país e pelo próprio FBI.

Fonte: Galileu | Foto: Flickr/Cisc1970



COMISSÃO DE CONSTITUIÇÃO E JUSTIÇA DO SENADO DECIDE QUE ANIMAIS NÃO SÃO COISAS - 25 OUTUBRO 2015


Os senadores da Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado Federal aprovaram, nesta quarta-feira, por unanimidade, o Projeto de Lei (PLS 351/2015) que define no Código Civil brasileiro que os animais não serão considerados coisas. A proposta segue agora para apreciaçaõ na Câmara dos Deputados.
De autoria do senador Antonio Anastasia (PSDB/MG), o texto muda o status dos animais no código civil, o que abre portas para futuros direitos dos bichos. É isso que estamos mudando agora, a exemplo de Países com legislação mais evoluída neste tema.
Para o senador mineiro, este é apenas um primeiro passo, para que os animais adquiram um novo status. “Ao assegurar que os animais não serão tratados como coisas, começamos a abrir possibilidades novas para garantir a eles mais direitos, vedando o descuido, o abuso, o abandono. Proteger os animais é estimular uma sociedade de paz e tolerância. Significa, portanto, cuidar também dos humanos”, disse.



CPI SOBRE MAUS-TRATOS A ANIMAIS EXCLUI  INVESTIGAÇÃO EM RODEIOS – Julho 2015


A comissão parlamentar de inquérito (CPI) que poderá ser instalada na Câmara dos Deputados para investigar maus-tratos contra animais,  não vai tratar dos rodeios e vaquejadas.

O deputado Ricardo Izar (PSD-SP), autor do projeto de resolução (PRC 204/13) que cria a CPI, explica que teve que abrir mão das investigações nos rodeios para que os líderes partidários concordassem com a votação do projeto no Plenário da Câmara. O deputado afirma que queria uma CPI para todos os tipos de maus tratos, mas só conseguiu consenso dos líderes se não se apurasse a questão das vaquejadas e das festas de peão.

.A pressão para que a comissão não investigue os rodeios e vaquejadas veio dos deputados da bancada ruralista, que tem um peso grande na Câmara. Tanto empenho em encobrir a realidade, parece significar que eles próprios reconhecem que nessas atividades há maus tratos aos animais! Afinal, quem não deve não teme!


                                                              

EM POÇOS DE CALDAS, CAVALOS SÃO MICROCHIPADOS - JUNHO 2015


Elefantes circo.jpgApós uma série de denúncias de maus-tratos contra os animais, todos os cavalos, que puxam charretes em passeios turísticos em Poços de Caldas, receberam chips com informações que permitem acompanhar sua saúde e localizar o dono.

O caso passou a ser investigado pelo Ministério Público Estadual há três anos, depois de a imagem de um cavalo de 12 anos caído em uma avenida circular por redes sociais e gerar abaixo-assinados contra as charretes. Desde então, outras petições e até uma audiência pública foram feitas na cidade sobre os maus-tratos. Um diagnóstico da PUC de Poços apontou à época que, de 70 cavalos analisados, 38% apresentavam fadiga e não tinham condições de trabalho.

Os chips foram implantados por profissionais da prefeitura, após uma bateria de exames para checar se os animais estavam aptos para o trabalho. Com o cadastramento, apenas cavalos microchipados poderão transportar turistas. Os animais terão acompanhamento veterinário, e precisam estar em dia com a vacinação, alimentados e em boas condições  de saúde.


                                                              

PROMOTORIA DE SP LANÇA CARTILHA DE DEFESA DE ANIMAIS - 17/06/2015


Imagem que integra a cartilha (Foto: Reprodução/MPSP)


O Ministério Público (MP) de São Paulo lançou uma cartilha sobre defesa animal e combate aos maus-tratos. O texto orienta sobre as formas de levar ao conhecimento dos órgãos públicos as denúncias de agressões e abusos contra os animais, além de indicar que tipo de ato pode ser considerado maltrato. O documento, intitulado "Cartilha de Defesa Animal", pode ser baixado no site da Promotoria. (Clique aqui).

                                                              

APROVADO PROJETO DE LEI ELEVANDO PUNIÇÃO EM CRIMES CONTRA ANIMAIS - 29/04/2015


A Câmara dos Deputados aprovou o projeto de lei 2833/11, do Deputado Ricardo Tripoli, que endurece a punição em crimes contra animais.
 A legislação atual prevê pena de detenção de 3 meses a 1 ano,  e o projeto aprovado eleva a detenção para 1 a 3 anos, podendo ser aumentada em um terço, ou até dobrar, conforme as circunstâncias.
O projeto ainda  tem que passar por votação no Senado.

                                                              

 

CIRCO VAI DEIXAR DE APRESENTAR ELEFANTES – MARÇO 2015


Elefantes circo.jpgUm dos circos mais tradicionais dos Estados Unidos, o Ringling Bros and Barnum & Bailey, anunciou que a partir de 2018 vai deixar de usar elefantes no espetáculo chamado de “O maior show da Terra”. Com a aposentadoria, os 13 elefantes usados nos espetáculos passarão a viver num centro de conservação na Flórida, com 81 hectares.
Elefantes são uma das mais tradicionais atrações em espetáculos circenses em todo o mundo, mas as empresas enfrentam cada vez mais críticas de associações de defesa dos animais.
Nos últimos anos, muitas cidades dos Estados Unidos criaram leis que proíbem o uso de elefantes em espetáculos, o que atrapalha os negócios, já que o circo é itinerante. Por ano, o espetáculo é apresentado em 115 cidades, e as diferentes legislações sobre o uso de elefantes criam custos adicionais.


                                                              

CHARLIE HEBDO E OS DIREITOS ANIMAIS - 12 JANEIRO 2015


A violência na França nesta quarta-feira chocou o mundo. Doze pessoas foram mortas, incluindo o cartunista líder do CHARLIE HEBDO, Cabu (Jean Cabut), um vegetariano e protetor dos animais. Os companheiros jornalistas Charb (Stephane Charbonnier), Tignous (Bernard Verlhac) e Georges Wolinski também estavam entre as vítimas. Seu trabalho abordou muitas causas de justiça social, incluindo a situação dos animais. A violência é um problema social e violência contra seres humanos está ligada à violência contra outras espécies. As perdas estão sendo sentidas por todas as pessoas compassivas, incluindo aquelas que defendem os direitos dos animais.

CHARLIE HEBDO é o único jornal francês que dedica uma coluna semanal para os direitos animais, abordando questões como as touradas e o foie gras.
Veja o exemplo:


"Eu tenho um sonho!"

                                                              


25/09/14 - FBI INCLUI "CRUELDADE ANIMAL" COMO CRIME CONTRA A SOCIEDADE

Por S. P. Sullivan | Tradução de Igor Leutz

O pit bull Patrick  jogado em uma lixeira,  na cidade de Newark.
(Foto: Jennifer Brown / The Star-Ledger)

Com o objetivo de conseguir melhores estatísticas sobre o abuso animal dos EUA, o FBI anunciou que passa a considerar atos de crueldade animal como 'crimes contra a sociedade'.
Antes, crimes contra animais eram registrados sob um nome genérico dentro da categoria "todas as outras ofensas" no "Relatório Uniforme de Crimes", ferramenta utilizada pelos Estados Unidos para mensurar a quantidade de crimes e a frequência com que eles ocorrem.
A associação dos xerifes e delegados dos Estados Unidos, a National Sheriff's Association pediu  que os crimes contra animais fossem tratados como casos específicos, e não generalizados em crimes de "todas as outras ofensas".

Victor Amato, diretor de aplicação das leis em Monmouth County, disse que "As pessoas estão encarando a crueldade animal de uma forma cada vez mais séria. Trata-se de um crime violento e, se passar despercebido, pode levar a atos ainda piores.

No último ano, o governador Chris Christie assinou a "Lei de Patrick", que elevou a crueldade animal de um simples delito para uma ofensa de quarto grau. O nome da lei é uma homenagem ao pit bull Patrick, que foi encontrado extremamente debilitado, abandonado em uma lixeira.

23/09/14 - POLÍCIA MULTA IGREJA POR FERIR POMBOS

Foto: Divulgação

A PM (Polícia Militar) Ambiental vai aplicar multa de R$ 6 mil à Igreja do Evangelho Quadrangular, no bairro Nova Americana, em AMERICANA, SP, por causa de ferimentos em  pombos que ficaram presos em uma cola usada ”para afugentar as aves”.

O produto foi aplicado em volta de todo o muro do templo, como constatou a polícia. A informação é do tenente Fábio da Nóbrega, comandante do 1º Pelotão da PM Ambiental de Campinas, que abrange a cidade.

A PM Ambiental de Americana constatou ferimentos em dois pombos,  e vai aplicar multa de R$ 3 mil por cada pombo ferido. Vizinhos disseram aos policiais que 15 aves ficaram presas na cola, se debateram, conseguiram se desvencilhar e acabaram feridas. Penas ficaram presas na cola. 

O pastor do templo, Washington de Campos, informou que a igreja contratou uma empresa para aplicar o produto “para afugentar os pombos”.

Com relação a instalação de arames pontiagudos na Igreja Matriz de SANTA BÁRBARA D'OESTE, o tenente também já recebeu o boletim de ocorrência e o relatório da PM ambiental da cidade. Contudo, os dados serão encaminhados ao Ministério Público para apreciação.

Fonte: Todo Dia

20/08/14 - MOBILIZAÇÃO CONTRA MAUS-TRATOS A ANIMAIS AFETA LUCRO DO SEAWORLD


Frequência em parques aquáticos caiu após debate sobre orcas em cativeiro.


O lucro do SeaWorld foi afetado pela campanha contra o parque aquático realizada com apoio da ONG Pessoas pelo Tratamento Ético de Animais (PETA, na sigla em inglês), revelou nesta quarta-feira o 'Wall Street Journal'. Segundo o jornal de finanças americano, o SeaWorld registrou um resultado desapontador no segundo trimestre e reduziu sua previsão de lucro para este ano, afirmando que o recente debate na mídia sobre a forma como trata suas 23 orcas cativas afetou o fluxo de visitantes em seus parques.


A orca Tilikum retratada no documentário “Blackfish”: a Tilikum atacou e matou uma treinadora em 2010. Caso ampliou debate sobre maus-tratos a animais (Foto: Gabriela Cowperthwaite / NYT)

“A companhia crê que a frequência no trimestre foi afetada por pressões relacionadas à atenção da mídia em relação à proposta de mudança da legislação no estado da Califórnia”, afirmou a companhia em uma nota, ao anunciar seus resultados nesta quarta-feira. As ações da SeaWorld chegaram a cair mais de 30% com a divulgação dos resultados trimestrais.

Fonte: www.olharanimal.net

20/07/14 - COSTA RICA TORNA-SE O PRIMEIRO PAÍS DA AMÉRICA LATINA A ENCERRAR OS SEUS JARDINS ZOOLÓGICOS

Graças a uma nova consciência ambiental emergente que questiona o domínio do homem sobre as demais espécies e o planeta, a Costa Rica, um pequeno país em termos de extensão territorial, mas com uma grande riqueza de biodiversidade (estima-se em 4% das espécies conhecidas no planeta, aproximadamente meio milhão), decidiu encerrar os seus zoos e convertê-los em parques urbanos e jardins.

Cerca de 400 animais, de 60 espécies diferentes, até Março passado retidos em cativeiro, foram libertados nos seus habitats naturais ou nos casos em que a readaptação não seja possível, encaminhados para santuários de organizações de resgate.

Esta consciência ambiental do governo da Costa Rica levou também o seu ministro do ambiente a declarar recentemente, em Pequim, que o seu país traçou como objectivo ser o primeiro país do mundo a tornar-se "carbono neutro", em 2021.

Fonte: PAN (Portugal)

11/07/14 - MUSA DA COPA DO MUNDO 2014, TORCEDORA BELGA PERDE CONTRATO  DE MODELO POR DEFENDER CAÇADAS

A bela torcedora de 17 anos Axelle Despiegelaere, da Bélgica, ia sair da Copa do Mundo com o status de musa dos estádios e com um belo contrato para ser a nova garota-propaganda da multinacional francesa de cosméticos L'Oreal, mas vai ficar só com a primeira parte.

De acordo com informações do jornal britânico Daily Mail, a empresa desistiu de contratar a jovem após divulgação na internet de fotos de um caçada da qual ela participou durante uma viagem para a Africa.
Na foto, Axelle aparece ao lado de um  antílope abatido durante a viagem. "Caçar não é apenas sobre viver ou morrer. É algo muito mais importante que isso", dizia a legenda escrita pela garota em sua página no Facebook.
A LÓreal  além de cancelar o contrato, também afirma que há anos já não testa produtos de beleza em animais e  nem delega a tarefa para outras empresas.


Foto: Divulgação/ BOL São Paulo



27/05/14 - LEI MUNICIPAL PROIBE RODEIOS EM VALINHOS–SP

A Câmara de Valinhos  aprovou, em 27 de maio, projeto de lei que proíbe a realização de rodeios na cidade.

O projeto n° 59 de 2013 foi aprovado em segunda discussão com dois votos contrários, depois de três suspensões da sessão por conta de tumulto entre manifestantes, em um plenário lotado a ponto da entrada de pessoas precisar ser barrada pela Guarda Municipal. 

A votação veio à tona depois do acidente que feriu nove pessoas e matou um cachorro e seis cavalos durante a 10ª Festa de Peão de Hortolândia, na Rodovia Campinas-Monte Mor, no último dia 17. Valinhos agora se junta a outras quatro cidades da Região Metropolitana de Campinas que proíbem rodeios: Campinas, Cosmópolis, Itatiba e Vinhedo.

Foto: Divulgação/ Flávio Lamas
 - Protetores dos animais durante a sessão na Câmara


23/01/14 - LEI PROÍBE O USO DE ANIMAIS EM TESTES DE COSMÉTICOS

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, sancionou  lei que proíbe a utilização de animais no desenvolvimento de cosméticos, perfumes e produtos de higiene pessoal. O texto não prevê o veto ao uso de animais para o desenvolvimento de remédios,  e determina multa de mais de R$ 1 milhão por animal usado para a instituição que desrespeitar as novas regras. Para o profissional que não seguir as novas normas, a sanção prevista é de cerca de R$ 40 mil.

O deputado Feliciano Filho, autor da lei,  afirma que na União Europeia os testes em animais para cosméticos são proibidos desde 2009, e a comercialização de produtos testados é proibida desde março de 2013. Em feiras de produtos, a não-utilização de animais em pesquisas é um marketing positivo, explica. (Fonte:G1)



25/09/13 - PAPA TORNA-SE ATIVISTA DOS DIREITOS DOS ANIMAIS

No dia 25 de setembro passado, o Papa Francisco tornou-se um ativista dos direitos dos animais, recebendo, numa cerimónia oficial, uma placa de sócio honorário da poderosa e influente  F.I.D.A. Federação Italiana dos Direitos dos Animais.(Ver foto)

A Presidente desta associação, Loredana Proni, anunciou também a concordância do Papa com a proposta da criação de uma Jornada dedicada aos Direitos dos Animais.  

Para todos os cristãos, a decisão de Bergoglio, escolher o nome de “Francisco” não foi um mero acaso. São Francisco é conhecido como o exemplo mundial de simplicidade, e pelo amor e proteção dos animais,  sendo também que, em coerência,  o Papa atual, como “seu seguidor”, já se tem destacado pela simpatia  com o mundo animal. 



21/11/13 - IV MOSTRA INTERNACIONAL CINEMA PELOS ANIMAIS

 A IV MOSTRA INTERNACIONAL DE CINEMA PELOS ANIMAIS, é um importante evento de cinema mundial, voltado para discutir questões relativas a animais, e acontece este ano em Curitiba, nos próximos dias 30 de novembro e 1º. de dezembro, com a presença de diversos diretores e produtores nacionais e estrangeiros.. 

São 21 filmes selecionados, entre curtas e longas brasileiros, além de produções dos Estados Unidos, França, Portugal, Holanda e Canadá, abordando assuntos como animais em pesquisas, animais abandonados, animais em cativeiro, e outros.

Entre as várias temáticas das produções selecionadas, está o longa francês A.L.F. uma história baseada em fatos reais, que  relata a invasão de ativistas a laboratórios de pesquisa com animais, questão de grande atualidade,  após as ações contra o Instituto Royal em São Roque.  Outro tema presente, será representado pelo video  RODEIO, DE QUE LADO VOCÊ ESTÁ? produzido pelo FNPDA, entidade colegiada, à qual  USPA é afiliada.

A MOSTRA ANIMAL é  organizada pela SVB - Sociedade Vegetariana Brasileira em parceria com a Fundação Cultural de Curitiba e Prefeitura da Cidade e apoio de empresas e ONGs como ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais, CNA - Curitiba/Boa Vista, ViSta-se, Guia Vegano, Semente de Girassol – Produtos Veganos, Elephant  Voices, e patrocinado pelo Hotel Maribú – pousada rural, Surya Brasil e Cativa.



18/10/13 - LIBERTAÇÃO ANIMAL


Um grupo de ativistas em defesa dos animais invadiu na madrugada de 18 de outubro o Instituto Royal, em São Roque, região de Sorocaba, para libertar cerca de 150 de cães da raça beagle usados em testes de medicamentos.
Parlamentares anunciaram a instauração de uma comissão externa, na Câmara dos Deputados, que vai investigar tanto os possíveis prejuízos decorrentes da invasão do Instituto Royal, quanto as denúncias de que os animais sofriam maus-tratos. Ao fim dos trabalhos, os deputados deverão apresentar uma proposta para atualizar a legislação que trata do uso de animais em pesquisas científicas.
O Fórum Nacional de Proteção e Defesa Animal – FNPDA - e a Humane Society International - HSI - estão unindo esforços juntamente com deputados ( Sarney Filho, Ricardo Izar e Ricardo Tripoli) para promover no Brasil a campanha da HSI, Liberte-se da Crueldade, pelo fim dos testes em animais para cosméticos.


10/08/13 - LIBERTADO MACACO QUE VIVIA 37 ANOS EM CATIVEIRO


Um macaco prego, criado há 37 anos como “bicho de estimação” em São Carlos, interior paulista, tornou-se centro de uma polêmica, por ter sido retirado da casa por ordem do Ministério Público, e levado para um abrigo de animais silvestres em Assis (SP).

Lá, o animal foi identificado como fêmea, o que surpreendeu a própria “dona”, que pensava tratar-se de um macho.

O caso provocou reação na internet, com abaixo- assinados para que o macaco fosse devolvido à família que o mantinha.  Porém, entidades de defesa animal criticam o estado em que o bicho estava: abaixo do peso, com as patas atrofiadas por falta de exercício e preso a uma coleira atada a uma corrente de um metro.

ANIMAL SILVESTRE, SEJA EXÓTICO OU NATIVO, NASCE PARA SER LIVRE, E NÃO DEVE SER RETIRADO DE SEU HABITAT NATURAL PARA SERVIR COMO BICHO DE ESTIMAÇÃO!
Foto: Fabio Rodrigues/G1)

21/06/13 - CFMV PROÍBE CORTE DA CAUDA EM CÃES PARA FINS ESTÉTICOS


O Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV) determinou por meio da Resolução nº 1027, de 18 de junho de 2013, a proibição da prática de caudectomia – amputação ou corte da cauda de caninos para fins estéticos.
Raças como Cocker, Pinscher, Poodle, Pitbull, Rottweiller e Doberman são alvos comuns do procedimento que é  justificado como para “embelezar” o animal.

De acordo com o Presidente do CFMV, o Conselho priva pelo bem-estar do animal.”Queremos coibir a caudectomia, á que amputar parte de um animal por motivo torpe é inadmissível”. Acrescenta que toda a população pode procurar o Conselho Regional de Medicina Veterinária(CRMV) de seu Estado para denunciar a prática.  O Médico Veterinário que infringir as normas determinadas pelo CFMV estará sujeito a processo ético-profissional.

Desde 2008, o CFMV proíbe também a cordoctomia (cirurgia que retira as cordas vocais dos animais), a conchectomia (corte de  orelhas) e a onicectomia ( extração das unhas de gatos).

 

25/05/13 - FRENTE PARLAMENTAR AMBIENTALISTA – CONGRESSO NACIONAL


O IBAMA intenciona publicar uma Instrução Normativa com uma lista (conhecida como “Lista Pet”) de animais silvestres que, sendo nascidos em cativeiro, poderiam ser comercializados para servirem como animais de estimação (pets).

O FNPDA – Forum Nacional de Proteção e Defesa Animal - e todas as suas ONGs afiliadas, entre elas a USPA, são contra a criação e a comercialização de animais silvestres para fins de estimação, portanto pela “Lista Zero”, dentro de sua campanha “Silvestre Não é Pet”.
O Deputado Federal José Sarney Filho, presidente da Frente Parlamentar Ambientalista no Congresso Nacional, em conversa com Sonia Fonseca, presidente do FNPDA, disponibilizou-se a realizar um evento na Frente Parlamentar, em Brasília, para a apresentação da posição do FNPDA, defendendo a “Lista Zero” de animais silvestres para criação comercial.

Ficou marcado um café da manhã no dia 28 de agosto, na Frente Parlamentar Ambientalista, durante o qual, os especialistas convidados pelo FNPDA farão apresentações sobre os principais argumentos técnicos contra a criação comercial de animais silvestres.



18/05/13 - IBGE INCLUIRÁ ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO NA PNDA 2014


Animais domésticos farão parte do levantamento do IBGE. O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) passará a incluir os animais de estimação em seus levantamentos. Os dados farão parte da Pesquisa Nacional de Saúde (a PNS, encomendada pelo Ministério da Saúde), que integrará a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) de 2014. Atualmente, não há dados oficiais sobre quantos são os cães, gatos, pássaros, roedores, peixes e répteis domésticos no Brasil. A indústria tem apenas uma estimativa com base em informações sobre a venda de rações, por exemplo.
A Associação Brasileira da Indústria de Produtos para Animais de Estimação (Abinpet) fez a articulação para que o IBGE incluísse o universo pet em suas pesquisas. Levantamentos como o que o IBGE vai fazer podem servir, por exemplo, para que o governo defina políticas mais específicas para a saúde animal.

Fonte: Paula Pacheco - iG São Paulo



10/04/13 - POSTOS VETERINÁRIOS DE PROTEÇÃO ANIMAIS EM TATUÍ


Na última quarta-feira, 10/04, a Prefeitura Municipal de Tatuí deu início aos trabalhos de formatação técnico-administrativa do projeto Postos Veterinários de Proteção aos Animais. O prefeito José Manoel Correa Coelho designou como coordenador do grupo o Secretário Municipal de Administração, Marcos Quadra. Fazem parte da equipe de trabalho o vereador José Franson, autor do projeto, seu assessor e presidente da ONG Olhar Animal, Maurício Varallo, e a Advogada Anita Moraes Hessel. O projeto Postos Veterinários de Proteção aos animais prevê a implantação de 4 postos em Tatuí  e a esterilização de 80% da fêmeas de cães e gatos no município eu um curto espaço de tempo. Posteriormente, os postos funcionarão como pontos de monitoramento e manutenção da população animal, além de prestar serviços de atendimento clínico e encaminhar denúncias de maus-tratos às autoridades competentes.



28/02/13 - CÃES PROCURAM DONO QUE MORREU AFOGADO

Labradores visitam diariamente lago onde dono morreu afogado em SP
(FOLHA DE SÃO PAULO)

Durante uma semana, um casal de cães labradores,  Max e Lua, passaram os dias às margens de uma lagoa em Araçatuba (a 527 km de São Paulo), correndo de um lado para outro, farejando a grama, aguardando que seu dono voltasse logo.
A espera começou em 18 de fevereiro, um dia depois do dono morrer afogado nessa lagoa, próxima à chácara de sua família. Os cães, que nunca haviam colocado as patas ali, passaram a se arriscar nadando em círculos naquelas águas.

Cansados, tristes e se alimentando pouco, Max e Lua continuavam irredutíveis até serem retirados da chácara no início desta semana.


24/01/13 - CRIADA EM MINAS GERAIS A DELEGACIA ESPECIALIZADA EM CRIMES CONTRA A FAUNA

Após anos de reivindicação e um abaixo-assinado com mais de 50 mil assinaturas, os defensores dos animais finalmente foram atendidos na última quinta-feira (24/01/2013) pelo Governo do Estado de Minas Gerais. Foi criada em BH a primeira Delegacia Especializada de Investigação de Crimes Contra a Fauna, que será subordinada ao Departamento de Investigação, Orientação e Proteção à Família (DIOPF). 
Ainda não há previsão de unidades similares no interior.

A delegacia será comandada pela delegada Maria José Mendes Quirino, e terá recursos à disposição para investigar, na capital, qualquer tipo de crime contra animais domésticos e silvestres.

 A notícia foi comemorada pelos ativistas, pois estima-se em 30 mil os cães abandonados em BH expostos aos maus-tratos e doenças. O médico veterinário Leonardo Maciel Andrade ressaltou ainda, que recebe em sua clínica, por semana, cerca de 100 animais silvestres, apreendidos pelas polícias e Ibama. “BH está na rota de tráfico de bichos e é a capital que mais apreende animais por ano, cerca de 12 mil”, diz ele.


13/01/13 - ZECA PAGODINHO AJUDA ANIMAIS VÍTIMAS DA CHUVA EM XÉREM, RIO DE JANEIRO

Além de receber alguns moradores da comunidade em sua casa, o artista decidiu abrir seu sítio para abrigar animais que foram encontrados no meio da enchente.

O local também virou ponto de distribuição de roupas e alimentos. Até a tarde deste domingo (13/01), cerca de cinco cachorrinhos foram socorridos e levados para o sítio de Zeca. Um dos animais está com pneumonia.

De acordo com informações publicadas pela Folha de São Paulo, os cães estão sob cuidados do "Projeto Pêlo Próximo - Solidariedade em 4 Patas", grupo de voluntários, incluindo enfermeiros e veterinários, que passa nas casas prestando atendimentos a moradores e seus animais.



  · IGREJA MULTADA POR MORTE DE ANIMAL – 05/12/2012

A Justiça de Santa Catarina determinou que uma Igreja do Santo Daime deve indenizar em quase R$ 3 mil um vizinho após a morte de uma vaca por "estresse". O caso ocorreu na cidade de Braço do Norte, localizada na região sul do Estado.

A decisão da 3ª Câmara de Direito Civil estipulou que a Igreja do Céu do Cruzeiro Iluminado (Santo Daime) indenize Ivandro Rodrigues Souza em R$ 2,8 mil, corrigidos a partir de maio de 2004.

O dono do animal, proprietário de um terreno rural ao lado da igreja, afirmou que os rituais com gritos, música alta e foguetes teriam assustado uma vaca, que quebrou uma porteira, sofreu um aborto e morreu dois dias depois.  Os laudos veterinários comprovaram estresse decorrente de susto, sem constatar qualquer doença infectocontagiosa, e por isso, a igreja acabou condenada em primeira instância. 

No recurso apresentado ao Tribunal de Justiça de Santa Catarina (TJ-SC), a ordem religiosa alegou que as reuniões teriam como objetivo realizar assistência às crianças, toxicômanos, alcoólatras e doentes.  As alegações não foram suficientes e o desembargador Saul Steil manteve a condenação, afirmando que "Os fatos foram efetivamente comprovados, já que representantes da igreja confirmaram ter queimado duas caixas de fogos de artifício naquela ocasião." (Fabrício Escandiuzzi - Direto de Florianópolis)



  · BEM-ESTAR ANIMAL NA UNIÃO EUROPÉIA

A partir de janeiro de 2013, nos 27 países da União Européia, estão proibidas as gaiolas metálicas em que são mantidas porcas prenhas e porcos em engorda, usadas para controlar a alimentação dos animais e restringir seus movimentos.

Os grupos de defesa dos animais receberam a medida positivamente, embora a proibição deva aumentar os custos da produção, reduzir as margens de lucro e resultar em alta no preço da carne. Em alguns países europeus, a proibição ao uso de gaiolas para restringir galinhas poedeiras, resultou em aumento nos preços dos ovos desde o início do ano, um ágio que o consumidor se dispõe a pagar para proteger o bem-estar animal. Novas normas de manejo estão em estudo, como as adotadas em uma criação administrada pela Universidade de Wageningen (Holanda), em que os porcos são mantidos em espaço aberto.  A União Européia pretende colocar essas regras na OMC ( Organização Mundial de Comércio) porque diz que é uma questão de relação comercial entre os países. E tem apoio de poderosas ONGs de proteção dos animais, como a WSPA, e goza de amplo respaldo de consumidores, que declaram-se dispostos a mudar hábitos de alimentação para preservar os animais.


  · BICHOS CONSCIENTES
Revista VEJA, 18/07/2012

O ser humano não é o único animal dotado de consciência.  E quem afirma isso não é nenhum radical defensor dos bichos.  Um grupo   de neurocientistas, doutores de instituições de renome, como Caltech,MIT e Instituto Max Planck, sob a liderança de Philip Low, o criador do iBrain – aparelho que recentemente permitiu a leitura das ondas cerebrais do físico Stephen Hawking – publicou um manifesto asseverando que o estudo da neurociência evoluiu de tal modo que não é mais possível excluir mamíferos nem aves do grupo de seres vivos que possuem consciência.  Outros animais, como os polvos, também estariam incluídos.  O site da revista  VEJA ouviu cientistas, filósofos e legisladores sobre o significado dessa descoberta.

Diante dessa descoberta, mais do que nunca, a USPA afirma sua luta contra o uso animais em festas de RODEIO.



  · POÇOS DE CALDAS DISCUTE FUTURO DAS CHARRETES
Folha de São Paulo 11/03/2012

Uma das principais atividades turísticas de Poços de Caldas (MG), o passeio de charrete, está em xeque, depois que a imagem de um cavalo caído em uma avenida acendeu um alerta.

O cavalo, de cerca de 12 anos de idade, caiu ao chão quando  voltava para casa após um dia de trabalho.

A veterinária Sheila Patresi dos Santos parou e fez fotos, que caíram na internet. Um laudo da prefeitura apontou estafa.
O diagnóstico da medicina veterinária da PUC de Poços atestou que, de 70 cavalos analisados, 38% não tinham condições de trabalhar, por fadiga muscular e esquelética.

A constatação levará a prefeitura a exigir que charreteiros assinem um termo para evitar abusos. Uma audiência na Câmara propôs sugestões, como a de um veterinário próprio para os charreteiros e um disque-denúncias.
Há até a intenção de propor uma alteração na lei, para que os charreteiros não passem o ponto após se aposentarem. Um abaixo-assinado chega a propor o fim da atividade com charretes.

A propósito disso, a USPA questiona a licitude do uso e abuso de animais, principalmente na indústria da diversão, como é o caso do RODEIO.

 



  · OPERAÇÃO ANTIFARRA DO BOI - Março 2012

O comandante-geral da Polícia Militar, coronel Nazareno Marcineiro, reuniu gente de todas as áreas para discutir ações de combate à farra do boi durante a quaresma. Dados da Agência Central de Inteligência (ACI) da Polícia Militar revelam redução de 21% no número de ocorrências de farra do boi no comparativo entre 2011, com 221 registros, e 2010, quando foram registrados 302 casos.

Participaram representantes do Ministério Público estadual, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Civil, Cidasc, Secretaria de Desenvolvimento Regional da Grande Florianópolis, Instituto Ambiental Ecosul e prefeituras de 12 municípios do Litoral catarinense. O protocolo de cooperação será fechado durante a próxima reunião, agendada para o dia 6. ( Diário Catarinense 01/02/2012)

Um passo a mais no sentido de combater o uso de animais em espetáculos de diversão, como é o caso da luta da USPA contra a exploração de animais em festas de RODEIO.



  · RODEIO - AUDIÊNCIA PÚBLICA 11/11/2011

No dia 11/11/2011 acontece na Assembléia Legislativa de São Paulo a Audiência Pública “Rodeio: esporte ou crueldade?”, promovida pelo  deputado estadual Feliciano Filho (PV-SP), que protocolou no dia 23 de agosto o Projeto de Lei 825/2011, proibindo os atos de maus tratos cometidos contra animais nos rodeios, festas de peão e outros eventos do gênero, prevendo multas e até a suspensão definitiva do evento.
O PL proíbe as práticas comprovadamente lesivas aos animais, como já proibidas no rodeio da Eapic através de uma ação civil pública movida pela USPA, como prova do laço ao bezerro, laço em dupla e derrubadas (bulldog), o uso do sedém, estocadas e choques elétricos, e o rodeio mirim.
A USPA estará presente, representada por Vera e Ana Paula.



  · GOVERNO QUER MENOS TESTES DE PRODUTOS COM ANIMAIS
O país poderá ter menos testes pré-clínicos ou de segurança com animais. Esse é o objetivo de um termo de cooperação assinado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). O termo foi firmado com a Fiocruz, que será o "guarda-chuva" do futuro Centro Brasileiro de Validação de Métodos Alternativos.
De acordo com Maria Cecília Brito, uma das diretoras da Anvisa, o objetivo do centro é desenvolver e validar as chamadas metodologias alternativas de experimentação, que não usam animais para determinar a segurança ou eficiência de um produto.
Editoria de arte/folhapress


  · MAIS UM ANIMAL VÍTIMA DA VIOLÊNCIA DAS FESTAS DE PEÃO
Fonte:Folha de São Paulo
As duas patas traseiras de um touro travaram na noite do dia 27 de agosto,  durante  a festa de peão de Barretos.
O caso aconteceu durante a montaria do peão James Willian Marris. O touro deu cerca de três pulos e caiu com as patas traseiras no chão, de acordo com testemunhas.
O animal tentava se levantar, mas estava com as patas paralisadas e saiu da arena se arrastando pelas patas dianteiras, uma triste cena diante de um público estimado em 50 mil pessoas.
Semana passada, um bezerro teve de ser sacrificado após ficar tetraplégico durante a prova de bulldog, quando o peão tem de derrubar o bezerro com as mãos.  
Esses dois lamentáveis acidentes aconteceram diante da platéia, ao contrário de outros semelhantes que devem ocorrer nos treinamentos dos peões, longe dos olhares do público.

Razão pela qual a USPA move combates contra o uso de animais em festas de RODEIO.


  · RODEIO- DIVERSÃO HUMANA, DOR ANIMAL. MORTE DE BEZERRO NA FESTA DE BARRETOS
Um bezerro precisou ser sacrificado após uma prova ocorrida na 56ª. Festa de Peão de Barretos. Na prova de bulldog, um animal teve de ser retirado carregado da arena, após ser derrubado pelo peão César Brosco. 
O veterinário Marcos Sampaio de Almeida, membro da organização da festa, ainda tentou minimizar o ocorrido, dizendo que o bezerro tinha sido atendido e passava bem. Mas Orivaldo Tenório, também ligado ao evento, confirmou que o pobre animal foi sacrificado por ter ficado tetraplégico em decorrência de lesão vertebral.
Felizmente, graças à intervenção da USPA, esse tipo de prova já não se realiza na festa de RODEIO em São João da Boa Vista.


  · MINISTÉRIO PUBLICO QUER IMPEDIR RODEIOS NO INTERIOR DE SP (Da Agência Estado)
O Ministério Público de São Paulo (MP-SP) ajuizou nesta quarta-feira (10/08/2011) duas ações civis públicas para impedir a realização de rodeios nos municípios paulistas de SANTO ANTÔNIO DO JARDIM,  e ESPÍRITO SANTO DO PINHAL. As ações fundamentam que diversos laudos e estudos técnico-científicos demonstraram que o uso de certos acessórios como esporas em provas de montaria provocam danos nos animais, além de dor e sofrimento.
Os promotores alegam que ficou comprovado, pelos mesmos estudos, que várias provas realizadas nos rodeios impõem crueldade contra os animais com destaque para a modalidade "laço de bezerro", em que bezerros são lançados, e na sequência são erguidos pelos peões e atirados violentamente ao solo com três patas amarradas.
Os organizadores dos eventos sustentariam os rodeios como manifestação cultural brasileira, mas, segundo a ação, diversas modalidades realizadas são importadas da cultura norte-americana, incluindo os nomes das provas. A Promotoria de Justiça contesta ainda o argumento de que os rodeios representariam importante movimentação para a atividade econômica das cidades pois, os shows musicais seriam o maior captador do grande público.

Em São João da Boa Vista, cidade vizinha dessas já citadas,  uma ação civil pública ajuizada pela USPA também luta para impedir abusos  contra animais nas festas de RODEIO.



  · RODEIOS EM QUESTÃO
O TRIBUNAL DE JUSTIÇA, assim como o SUPERIOR TRIBUNAL DE JUSTIÇA deram decisão favorável à ação movida pela USPA contra crueldades em rodeios, não apenas na festa da EAPIC, mas em todos os eventos dessa natureza, e nos anos vindouros, dentro da comarca de São João da Boa Vista. Clique aqui para conhecer a íntegra do ACÓRDÃO, que já transitou em julgado no STJ.

Também não foram realizados rodeios, por decisão do presidente da SGPA, Ricardo Yano, na 66ª Exposição Agropecuária de Goiás e 26ª Exposição Internacional do Nelore, realizada no período de 13 a 29 de maio. Durante reunião na sede do Sebrae, a instituição declarou-se comprometida com a sustentabilidade e anunciou o lançamento do Programa Goiás Sustentável, defendendo produção em harmonia com o meio ambiente. Ricardo Yano fez questão de observar que, se o slogan da 66ª Exposição Agropecuária de Goiás é relativo à sustentabilidade, ficaria “incoerente” a prática do rodeio na tradicional mostra. Todos aqueles que se importam com os animais comemoram a notícia, porque demonstra o despontar de uma nova consciência, vinda espontaneamente do setor pecuarista.


  · CONGRESSO LANÇA FRENTE EM DEFESA DOS ANIMAIS
O Congresso Nacional já tem uma Frente Parlamentar em Defesa dos Animais. Criada com a assinatura de 212 deputados da oposição e do governo, ela conta com representantes de todos os Estados da Federação. O lançamento oficial acontece neste mês de agosto, e o objetivo é tornar mais ágil o trâmite de projetos que tenham os animais como objeto principal. “Entre os temas que queremos abordar estão o abate humanitário, a caça ilegal em regiões de fronteira, o tráfico de animais silvestres e a questão do transporte de animais para abate”, diz o deputado Ricardo Izar (PV-SP), que preside a frente.
(Texto de O Estado de S. Paulo  de 4 de agosto de 2011)

Outro tema a ser contemplado deve ser o uso de animais em espetáculos de diversão, como é o caso das festas de RODEIO, contra as quais a USPA vem lutando desde o ano 2006.



  · GALOS DE RINHA APREENDIDOS

No último dia 14 de abril, 129 galos de rinha foram soltos em sítios na região de Brazlândia (DF) com a ajuda da WSPA, Sociedade Mundial de Proteção Animal, à qual a USPA é afiliada.   
Os animais foram apreendidos em julho do ano passado pela Polícia Civil do Distrito Federal, e desde então, o Ministério Público Estadual de Brasília procurou o apoio da WSPA, com o intuito de destinar as aves a novos donos onde pudessem viver livres de maus-tratos. Com o apoio do IBAMA, três fazendas foram os locais escolhidos para receber os animais, que viveram anos vítimas da prática cruel promovida pelos rinheiros. Anderson do Valle, analista ambiental do IBAMA, frisou sobre os cuidados que devem ser tomados em uma futura apreensão: "É importante a identificação individual dos animais, pois corremos o risco de haver a troca antes de sua remoção".

Da mesma forma, a USPA acredita que não se deve admitir o uso de animais em outros espetáculos de diversão, como circos e festas de RODEIO.

 


  · RESTRIÇÃO À CRIAÇÃO COMERCIAL
A Instrução Normativa no. 15, recentemente publicada pelo IBAMA, vem proibir a reprodução comercial de 138 espécies de passeriformes, das 151 espécies até então permitidas, e introduz procedimentos e controles que dificultam a atividade comercial de animais silvestres em geral.
Sabe-se que muitos criadores e amadoristas “legalizados”, na verdade tem servido como entrepostos de lavagem para o tráfico de animais. Curiosamente, dados do IBAMA mostram que justamente as espécies mais comercializadas são também as mais traficadas. Além disso, animais em cativeiro não tem função ecológica, visto que a criação comercial tem objetivo financeiro, e nunca a conservação e reintrodução na natureza.


  · CONTINUA O SOCORRO AOS ANIMAIS NO RIO DE JANEIRO
VOLUNTÁRIOS DA WSPA E DA UNIVERSIDADE UNIFESO, com o apoio da Cruz Vermelha, da Secretaria Municipal de Agricultura e Secretaria Municipal de Saúde de Nova Friburgo, além do  Laborátório Pfizer, continuam atendendo os animais da região serrana do RJ afetados pelas inundações.

Os donos dos animais tratados também ganham ração, inclusive aqueles que não podem levar seus animais por falta de transporte. Voluntários  da WSPA / UNIFESO aplicam vermífugo, vacina antirrábica, vacina V-10 e vacina V-4, e ainda proporcionam outros tipos de tratamentos.

A WSPA lançou também um panfleto orientando como proceder para preservar os animais em situações de desastres naturais. Saiba como clicando aqui.


  · ESPANHA DEIXA DE TRANSMITIR TOURADAS

A TVE, canal estatal espanhol, decidiu deixar de transmitir touradas, espectáculo que é catalogado como “violência contra animais” no novo Manual de estilo da estação. De acordo com o documento entregue à comissão de Controle do Congresso e do Senado, a RTVE «não vai transmitir corridas de touros», porque os seus horários «coincidem com o horário protegido ou de especial proteção da infância».
        Estão fora da exclusão de transmissões as festas de San Fermín, nas quais são libertados touros nas ruas de Pamplona.
Fonte: www.abola.pt/mundos/ver.aspx?id=241085

       A medida, embora parcial, mostra o crescente repúdio mundial aos espetáculos de diversão com violências e crueldades contra animais, reprovação direcionada mesmo aos mais tradicionais, como é o caso das touradas na Espanha. Prova disso é a recente proibição das touradas na região de Catalunha.

A USPA confia que, com o tempo, o RODEIO, a vaquejada e similares, recebam o mesmo tratamento no Brasil.



  · Notícia -I SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE FAUNA SILVESTRE

ANIMAIS DA FAUNA SILVESTRE NÃO SÃO ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO!
              A WSPA realizou no mês de setembro o I SEMINÁRIO INTERNACIONAL SOBRE FAUNA SILVESTRE, e juntamente com sua rede de afiliadas, incluindo a USPA, lança agora a campanha SILVESTRE NÃO É PET, com informações sobre o tema, a fim de promover atitudes conscientes, fundamentais para o bem-estar dos animais e a conservação da Natureza.
       Foi produzido um documentário em DVD, para ser exibido em vários locais, mostrando como milhares de animais silvestres são privados da vida livre, e comercializados, de forma legal ou ilegal.
        Em cativeiro eles são condenados a um eterno confinamento e sofrem por não poderem satisfazer suas necessidades naturais, de liberdade e convívio com os outros de sua espécie.
        Além disso, dessa forma eles perdem sua função biológica, o que prejudica a própria sobrevivência das espécies, a biodiversidade e o futuro do planeta.
        Quem compra um animal silvestre, mesmo nascido em cativeiro, está alimentando o tráfico!
        Animais silvestres nasceram para a vida livre, não os aprisione.
SILVESTRE NÃO É PET !



  · Notícia - DECLARAÇÃO UNIVERSAL DE BEM-ESTAR ANIMAL

Cresce, no mundo de hoje, uma conscientização de que os animais, da mesma forma que os humanos, tem a capacidade de sentir emoções, alegrias, dores e sofrimentos, e com isso vem a certeza de que a proteção aos animais precisa ser considerada a nível de governo, por todas as nações.
       Dê seu apoio a este movimento mundial, que visa encaminhar para a ONU a proposta de uma Declaração Universal de Bem-Estar Animal – DUBEA. Basta visitar a página www.dubeabrasil.org e colocar sua assinatura.



  · Notícia - Círco legal não tem animal.

Tramita na Câmara Federal o Projeto de Lei 7291/2006, proibindo a utilização de animais em espetáculos circenses, que esperamos seja  aprovado pelos parlamentares de Brasília, assim como foi REPROVADO o uso de animais nestes espetáculos cruéis pela maioria esmagadora (96%) dos brasileiros em pesquisa realizada pelo TV Globo. 
       Diversos países já proibiram o uso de animais em circos, entre eles Áustria, Costa Rica, Dinamarca, Finlândia, Índia, Israel, Cingapura e Suécia.
No Brasil, a proibição existe em seis estados, incluindo o Estado de São Paulo, e em quase 50 cidades.

A USPA acredita que isso deva acontecer com outros tipos de espetáculo de diversão envolvendo animais, como é o caso do RODEIO.



  · Notícia - Ameaça aos animais domésticos

Pela Lei Federal 9.605, chamada Lei dos Crimes Ambientais, é crime praticar ato de violência contra qualquer animal. Porém, tramita no Congresso Nacional o Projeto de Lei PL 4.548/98 que visa acabar com essa proteção para os animais domésticos e domesticados.
       A intenção desse Projeto de Lei é alterar o artigo 32 da Lei de Crimes Ambientais, retirando a expressão "domésticos e domesticados".
       Essa alteração significaria um enorme retrocesso na história da proteção animal no Brasil, ao tornar ainda mais branda a legislação animal vigente, favorecendo a impunidade para toda sorte de crueldades contra cães, gatos, cavalos, etc. Envie seu protesto, acessando: 2vipr.mesa@camara.gov.br



  · Notícia - Posse responsável

POSSE RESPONSÁVEL

      Um grande passo para solucionar o problema dos animais abandonados está no Projeto de Lei da Câmara 4/2005, de autoria do deputado Afonso Camargo(PSDB-PR) que propõe a vacinação, captura e esterilização dos cães e gatos, assim como a educação para a posse responsável.
      Uma enquete da *Agência Senado*, em parceria com a Secretaria de Pesquisa e Opinião, pede que os eleitores opinem se apóiam esse projeto que permite a esterilização de cães e gatos como forma de controle populacional desses animais. Participe!

     www.senado.gov.br/atividade/materia





Colaboradores:





USPA - União Sanjoanense de Proteção aos Animais - Site administrado por: Dg3 Comunicação - www.dg3.com.br

Política de Privacidade e os Termos de Uso, informam as condições para acesso e uso do site do USPA.
Leia-os atentamente. Em caso de dúvida, escreva na seção Contato e teremos prazer em responder.